Nosso Blog

Coronavírus: Entenda as medidas que o Governo aprovou para manter os empregados e evitar demissões

Você conseguiu adiantar suas férias para poder manter seu emprego durante a pandemia do Coronavírus?

Com o surgimento do Coronavírus ou COVID-19, colocando em risco milhares de pessoas, o governo brasileiro decretou estado de calamidade pública e muitos governadores exigiram o fechamento das portas de diversas empresas e o resguardo da população dentro de casa.

Mas, a dúvida que fica é: com tantas portas fechadas, como manter o emprego do funcionário e evitar demissões em massa durante esse período?

O governo lançou a MP 927, uma medida provisória que apresenta alternativas para o empregador não precisar demitir seus funcionários nesse período, evitando assim um colapso social no país.

Se você é trabalhador e está preocupado, fique de olho nas alternativas que iremos expor ao longo do artigo, elas podem lhe ajudar a manter seu emprego durante a pandemia do Coronavírus!

Antecipação das férias

antecipação das férias_coronavírus_dcastro

Você conhece alguém que conseguiu férias antecipadas antes mesmo de completar o tempo mínimo de aquisição que é de 1 ano?

Bom, essa é mais uma alternativa que o governo lançou na MP 937/2020 para que o trabalhador passe em segurança a quarentena do Coronavírus e o empregador não venha a ter muito prejuízo durante esse período.

Nesta situação, é importante estar atento a:

1) O período de férias não pode ser inferior a 5 dias;

2) O empregador poderá pagar o ⅓ proporcional de férias até dezembro, junto com o 13º salário;

3) O funcionário precisa ser informado das férias ao menos 48h antes, formalizado por escrito ou via e-mail para maior segurança jurídica;

4) O pagamento das férias poderá ser realizado até o 5º dia útil do mês seguinte;

Lembrando que os profissionais de saúde podem ter as suas férias negadas neste momento, uma vez que o momento exige uma força maior para não suspender o serviço.

E para aquele profissional que for demitida sem justa causa, todas as verbas rescisórias devem ser pagas corretamente.

Aproveitamento do banco de horas após a quarentena Coronavírus

banco de horas_coronavírus_davydson_castro_advogados_associados

Outra alternativa da Medida Provisória 937 com relação ao período de pandemia do Coronavírus é a possibilidade do aproveitamento do banco de horas.

O banco de horas é regulamentado através de acordo coletivo, convenção coletiva ou acordo individual. Neste caso, durante a quarentena, quem possui horas de crédito no banco de horas, se assim o empregador quiser, poderá utilizá-las.

Porém, se o trabalhador não possui horas trabalhadas como crédito, mas a empresa usufrui do sistema de banco de horas, o empregado poderá cumprir seu resguardo e, assim que retomar as atividades, pagar todas as horas que foram paradas dentro da sua jornada de trabalho diária.

É estipulado um período de até 18 meses para cumprir todas as horas devidas.

Atenção, de acordo com a MP 937, essas horas a serem cumpridas não podem passar de 2h diárias a mais que a jornada de trabalho habitual. Então, se a jornada for de 8h diárias, o máximo de horas a serem feitas durante o dia serão 10h.

Confira tudo sobre o uso do banco de horas durante essa pandemia no vídeo abaixo:

Home Office ou Teletrabalho

home office_coronavírus_davydson_castro_advogados_associados

Já para aqueles serviços que podem ser feitos de casa, sem descaracterizar sua função, existe a possibilidade de realizar o teletrabalho ou home office.

Neste caso, o empregador pode optar por manter seus funcionários trabalhando de casa durante a quarentena do Coronavírus, sem prejudicar tanto sua produção.

É importante ter formalizada a data de início do home office, de forma escrita ou via e-mail para ter uma segurança jurídica. E o empregador precisa informar ao seu funcionário até 48h do início dessa mudança.

Algumas coisas precisam ser atentadas nessa alternativa:

1) As despesas com manutenção: isso precisa estar acordado com o empregador, no caso, quem irá arcar com as despesas de manutenção do material necessário para realizar o serviço;

2) O empregador poderá fornecer e montar todo o material necessário para que seus funcionários possam realizar suas atividades de casa, sem configurar verbas salariais;

3) O vale transporte poderá ser suspenso, uma vez que não há deslocamento, porém o vale alimentação poderá ser mantido;

4) O uso de aplicativos de comunicação não configura hora trabalhada, ou seja, se você está disponível todo o dia em aplicativo de comunicação, não quer dizer que você está à disposição do empregador 24h.

Vale lembrar também que telemarketing e teleatendimento não se aplicam ao regime de trabalho remoto.

Antecipação dos feriados

medidas_coronavírus_davydson_castro_advogados_associados

Essa outra medida também visa evitar que os funcionários permaneçam nas dependências da empresa, e se estabeleçam em isolamento social que é a recomendação durante a pandemia do Coronavírus.

Neste caso, deve-se ser formalizado por escrito ou via e-mail quais são os feriados a serem aproveitados. Eles podem ser municipais, federais, estaduais e até religiosos, este último se for acordado com o funcionário uma vez que depende dos hábitos religiosos do mesmo.

Negocie com seu empregador e garante seu emprego

Empregos_coronavírus_davydson_castro_advogados_associados

É certo que o momento é bastante delicado e requer atenção por parte de toda a população.

Porém, para manter a sociedade funcionando e não trazer maiores prejuízos para o trabalhador e empregador, é possível negociar através das alternativas que traz a Medida Provisória 937/2020.

Ainda continua com dúvidas no assunto? Então clique aqui e envie para nós seu questionamento. Teremos o prazer em ajudá-lo.

Deixe sua mensagem

Sobre o Davydson Castro & advogado associados

Nossa equipe conta com corpo multidisciplinar e qualificada de advogados e estagiários.

Tel : +55 61 3203.4541

desvio de função no trabalho - como funciona e como receber os direitos
Notícias

Como identificar e comprovar o desvio de função no trabalho

Você exerce uma atividade diferente da que está especificada na sua carteira de trabalho? Cuidado pois você pode estar passando por uma situação de desvio de função no trabalho. Para que você entenda como funciona o desvio de função no trabalho, montamos esse conteúdo completo para tirar suas dúvidas. Confira!

Leia mais »
Posso pedir demissão e sair imediatamente? Entenda como funciona
Notícias

Posso pedir demissão e sair no mesmo dia?

Você sabia que é possível pedir demissão e sair no mesmo dia do serviço, porém a depender do tipo de contrato que você tem com a empresa, essa situação pode te trazer prejuízos. Confira no texto como funciona o processo de demissão imediata. Boa leitura!

Leia mais »
No more posts to show
Com mais de 10 anos de comprometimento e seriedade, nosso escritório já atuou em mais de 3000 processos com uma equipe jurídica especializada e atualizada para melhor lhe atender.

CONTATO

Localização