Nosso Blog

Adicional de insalubridade: você sabe o que é e se tem direito?

Você sabia que algumas profissões, além do remuneramento que é de direito, também possuem o adicional de insalubridade?

Esse adicional é destinado a trabalhadores que, em suas tarefas diárias, possuem algum grau de exposição a agentes nocivos à saúde. Ele é de direito do trabalhador, porém muitas empresas descumprem a lei e acabam não pagando.

Quer entender melhor como calcular o adicional de insalubridade e se a sua profissão tem direito? Continue lendo o artigo!

Entenda o que é o adicional de insalubridade

Como dito anteriormente, o adicional de insalubridade é um valor calculado com base no remuneramento do profissional que, em suas atividades, está exposto a agentes nocivos à saúde acima do limite entendido pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Alguns desses agentes nocivos são:

  • Calor excessivo;
  • Frio excessivo;
  • Vibrações;
  • Ruídos contínuo;
  • Umidade;
  • Agentes químicos e agentes biológicos;
  • Radiação;

Embora seja direito de algumas profissões, algumas empresas costumam não pagar e o trabalhador acaba prejudicado. Por isso, é importante você saber quais são as profissões que possuem direito ao adicional de insalubridade e se o seu trabalho está incluso, para poder cobrar seus direitos.

Saiba quais profissões possuem direito

Se a sua profissão está exposta a algum desses itens citados acima, você pode sim cobrar seus direitos e ter acesso ao adicional de insalubridade.

Saiba alguma das profissões que têm acesso:

  • Enfermeiros;
  • Técnicos de radiologia;
  • Bombeiros;
  • Mineradores;
  • Químicos;
  • Profissionais da construção civil;
  • Mergulhador;
  • Profissionais da metalurgia;
  • Soldador;

Também existem outras profissões que, de acordo com uma perícia do Ministério do Trabalho e Emprego, pode ter acesso.

Como foi o caso da funcionária da limpeza de um motel em Belo Horizonte, que entrou com processo pedindo seu direito a adicional de insalubridade, alegando que, por seu trabalho se tratar de limpeza de instalações sanitárias de uso público ou de grande circulação e recolhimento de lixo, também possui direito. Leia mais sobre o caso: https://glo.bo/2vbDVIl

E lembrando que, para as profissões que possuem direito ao adicional de insalubridade, é lei que os empregadores disponibilizem os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e treinamento especializado para o uso dos mesmos.

Entenda como é feito o cálculo da taxa do adicional de insalubridade

Para entender como calcular o valor do adicional de insalubridade que a sua profissão tem direito, é preciso saber que existem 3 níveis de tolerância que o Ministério do Trabalho e Emprego classifica: grau mínimo, médio e máximo.

Caso sua profissão esteja classificada como grau mínimo, o valor a receber é de 10% com base no seu salário. Já para o grau médio, o valor é 20% do salário. E, para o grau máximo o valor percentual de cálculo é 40% sobre o salário.

O que fazer se o seu empregador não paga seu direito?

Agora que você já entendeu como funciona o adicional de insalubridade, e confirmou que a sua profissão tem sim esse direito, o que fazer para receber corretamente?

Bom, o primeiro passo é conversar com seu empregador e exigir o seu direito. Assim como você, agora que informado, ele também tem a consciência de que é preciso pagar o adicional de insalubridade aos seus funcionários.

Caso seu empregador não reconheça sua obrigação, você pode recorrer a um advogado trabalhista, que irá dar todo o suporte para que você consiga, via justiça, o seu direito.

Ainda continua com dúvidas no assunto? Então clique aqui e envie para nós seu questionamento pelo WhatsApp ou entre em contato pelo número (81) 9 8811-8000. Teremos o prazer em ajudá-lo.

Deixe sua mensagem

Sobre o Davydson Castro & advogado associados

Nossa equipe conta com corpo multidisciplinar e qualificada de advogados e estagiários.

Tel : +55 61 3203.4541

desvio de função no trabalho - como funciona e como receber os direitos
Notícias

Como identificar e comprovar o desvio de função no trabalho

Você exerce uma atividade diferente da que está especificada na sua carteira de trabalho? Cuidado pois você pode estar passando por uma situação de desvio de função no trabalho. Para que você entenda como funciona o desvio de função no trabalho, montamos esse conteúdo completo para tirar suas dúvidas. Confira!

Leia mais »
Posso pedir demissão e sair imediatamente? Entenda como funciona
Notícias

Posso pedir demissão e sair no mesmo dia?

Você sabia que é possível pedir demissão e sair no mesmo dia do serviço, porém a depender do tipo de contrato que você tem com a empresa, essa situação pode te trazer prejuízos. Confira no texto como funciona o processo de demissão imediata. Boa leitura!

Leia mais »
No more posts to show
Com mais de 10 anos de comprometimento e seriedade, nosso escritório já atuou em mais de 3000 processos com uma equipe jurídica especializada e atualizada para melhor lhe atender.

CONTATO

Localização